quinta-feira, 23 de novembro de 2006

Feliz Ano Novo na

Fila 08 Janeiro 2006Que tédio! Que tédio!
Só 4 pessoas no meu MSN, incluindo a mim mesma, o que resulta em três. (o que? Você não está na sua lista?)
Meu orkut está morto. AOL? Nenhum e-mail. Claro...deve ter alguma coisa no Hotmail. Tem. Enlarge your pennis. Milhares de mensagens dizendo "Make it big!" Será que eles acham mesmo que eu tenho um pênis, e que se tivesse eu tomaria remédio pra aumentá-lo? Se eu agüento o tamanho da minha bunda, agüentaria qualquer coisa!
Enfim...tédio.
Comprei CDs novos. Que delícia. Escutei todos! Vish...nenhum era bem bom! Que triste!
Então fui ver os DVDs que ganhei de Natal! Oba! Live 8, Coldplay, um Box da Marilyn Monroe, um Box do James Dean, ai....passei o dia inteiro vendo DVD. Acabou...e agora? Não dá pra ver um monte de filme antigo no mesmo dia. Ninguém tem estômago pra tanto... O que mais? Tentei a Internet outra vez, mas está uma tristeza. Meu deus! O que vai acontecer comigo se eu "desapaixonar" da Internet? É o meu melhor vício. A minha maior fonte de inspiração. Não tenho tido vontade de ficar no MSN, nem de dar vida aos meus personagens (oops! falei!) nem muito menos de continuar o Tango para George. Será que estou doente?
O ano novo foi hilário. Divertido. Cansativo. Engraçado. Viajei com a família pra Miami, Orlando, Cabo Kennedy, a rota da fila eterna! Horas e horas de filas. Um parque por dia. Montanhas russas (odeio montanhas russas!), coca cola de graça, personagens de sonhos. Uma delícia! Mas nunca tive tanta consciência dos meus pés em toda a vida. Um dia 31 de Dezembro no Epcot Center corresponde a 40 dias seguidos de compras na 25 de março antes do Natal. Exagero? Ta...Então pense em 20 dias em pé em Ciudad del Leste procurando uma loja que não tenha coisas falsificadas! Fomos a uma ride que tinha 3 horas de fila. Era o melhor brinquedo do parque, então resolvemos encarar. Na verdade a previsão deles estava errada. Não foram 3 horas, mas sim 2 horas e 15 minutos. Ah...que alívio! Hahahhaha
Vou contar toda a verdade para vocês: tudo é lindo na Disney. Mas tem o lado negro que para mim foi um pesadelo! Eu não quis fazer a velha chata que não gosta de nada e me esforcei pra ser bacaninha e companheira. Topei algumas montanhas russas e não fiquei de fora no Soaring - o brinquedo de duas horas de fila.
A verdade é que não há lugar para quem tem medo de altura na disneylândia! Hello?? Eu não subo numa escadinha de cozinha pra trocar uma lâmpada! E eles me fizeram ir na Space Mountain! Você tem noção do que é isso? Uma montanha russa no escuro! Uma montanha russa no escuro e que despenca 500 vezes e nunca decide pra que lado vai ser a curva! Eu pensei que fosse morrer. Se não acabasse logo não sei o que eu faria. Que pavor. O louco do meu filho gargalhando atrás de mim. Como pode rir daquilo??
E o Soaring? Há! Um vôo de asa delta pelas paisagens da Califórnia. Meu Jesus cristinho! Lindo demais...maravilhoso...nas partes que eu fiquei de olho aberto! Sério! Dei aos meus filhos a maior prova de amor que seria capaz em toda uma existência.
Fora alturas e descidas velozes morro abaixo, foi lindo. A excitação dos meus filhos, o sorriso do Claudio, a alegria de realizar um sonho de criança aos 44 anos, sabendo que pude não fazer meus filhos esperarem tanto quanto eu, tudo muito bom. Cinema 3D. A invenção do século. A mais divertida. (ou eu sou retardada!) Os shows de fogos e a sensação maravilhosa de deitar na cama depois de um dia inteiro de pé.
Foi quando chegou o último dia de parques. Ha!
Escrevi uma carta para uma amiga, que merece ser postada aqui. É a melhor descrição do meu último dia de viagem. Aí vai ela:
"Saímos de Orlando, todos exaustos, com destino a Miami. Liguei para a agente de viagem pra avisar que o endereço do hotel não estava no voucher. Ela me deu o endereço "O Hotel é em Miami Beach". E lá fomos nós...Resolvemos parar em Cabo Kennedy. Vimos foguete, astronauta, plataforma, conversamos com o engenheiro do projeto Apollo, vimos IMAX 3d, tomamos coca-cola com pretzels. Já era noite quando o telefone tocou pra avisar que minha casa estava inundando de novo! Desespero total...não tem o que fazer...liga pra alguém ir lá abrir a casa pra tirar os carros, aciona todo mundo e espera.
Pega o carro e vai indo pra Miami. Chorei um monte..."Só quero dormir!" Ok...paramos no Chinês caquento que tem no caminho para Miami Beach porque a comida é ótima. Sentamos pra jantar e o chinês grosso veio dizer pra decidir logo o que vai ser, porque a cozinha fecha em 15 minutos e daí não tem mais comida! O Claudio e o Diogo foram ao banheiro. "Já vamos escolher. Só um minuto."
- Só tem 15 minutos! Anda logo! 15 minutos!
Olho no relógio e eram 10:45 da noite! Sem comida não dá! Pede qualquer coisa!
Chinês mal humorado jogou 4 latas de coca na mesa e nem trouxe copo.
Saímos do restaurante quase a meia noite sob o olhar furioso do chinesinho grosso que não ganhou gorjeta, e fomos procurar a "South Bayshore Drive" em Miami Beach. Não é estranho que uma rua se chame BAYSHORE na beira da praia? Não devia ser BEACH SHORE?
Sim sim...devia. O motorista de taxi brasileiro que eu parei no posto de gasolina disse: Não...Vocês estão muito longe! Isso é em Coconut Grove!
"Só quero dormir!"
Coconut Grove é longe pra burro!
Mas não é estranho que um hotel chamado qualquer coisa GRAND BISCAYNE seja em Coconut Grove? Não devia ser perto da Biscayne Boulevard? Vai saber...quem disse que latino sabe dar nome pra hotel!
Ufa! Achamos o hotel! "Só quero dormir!"
Check in. Bagagem. Criança com sono. "Eu tenho um voucher". O mocinho simpático da recepção pegou o papel :
- Vocês estão no hotel errado. O Grand Bicayne fica em Down Town. Muito longe daqui, na NORTH Bayshore Drive.
Que diferença faz uma palavrinha!
Volta a bagagem pro carro. "Só quero dormir"
É lógico que nos perdemos. É lógico que fomos parar em algum lugar barra-pesada e deserto, onde só passava negão cheio de medalha em carro podre e não dava para perguntar nada. É lógico que rolou um stress, disseram que eu estava desesperada, eu queria que parassem pra perguntar, eles ficavam chutando um novo caminho, eu disse que isso é uma coisa masculina irritante, os integrantes masculinos do carro ficaram furiosos, e assim vai... "Vamos voltar e refazer o caminho". "Não! Vai pro hotel que a gente ficou na ida! Lá a gente pergunta". No caminho, o Diogo avistou a placa no alto de um prédio: DOUBLE TREE. Fomos até la ver. Sim! Era o nosso hotel.
Tira a bagagem do carro...criança com sono. "Só quero dormir!"
Entramos no quarto enorme nos fundos do hotel, no oitavo andar. Eu só queria deitar na minha cama, mas o ar condicionado parecia um furacão que batia direto no Claudio. Ele ficou de cama em Orlando com 39 de febre. Não posso arriscar uma recaída. "Mas como diminui a ventilação dessa droga? Quem gosta de dormir num túnel de vento?? Liga pra recepção. "O dia não quer acabar!"
Trocamos de apartamento. Fomos para o apartamento do lado. "Na verdade mandei vocês para o apartamento errado, Mam. I'm really sorry! No outro tem um sofá".
É. Tinha. Duas camas de casal e um sofá-cama. O ar condicionado não chegava em nenhuma das camas. Mas não...o sofá não estava arrumado. A essa altura eu estava louca, não quis chamar ninguém: Invadi o quarto ao lado, roubei a roupa de cama e arrumei o sofá pra Natasha. Depois disso, me joguei na cama e não vi como o dia acabou. "Só quero dormir!" "
A viagem foi divertida e cansativa assim! No paraíso das filas a gente sorri sem se importar, come mal dando risada, deita na grama para descansar e nem acha ruim.
Minha casa recém inundada está ok. Foram só 30 centímetros de água. (Quem diria que eu poderia achar isso ótimo?) Nenhuma perda desta vez, só um tapete que não vai conseguir esperar a terceira enchente. Atitudes drásticas foram tomadas para que nunca mais aconteça.
Hoje é sábado e eu estou com tédio. Ninguém no MSN, nada para fazer.
Acho que vou dormir.
Bom dia, amiguinhos!

18 comentários:

Marcia Prado disse...

nossa me, o ultimo dia foi terrivel!!
eu sei o que foi, pois sou a amiga da carta, que bom que sou amiga!!
mas na disney, eu aproveito do fato de não bater bem da cabeça e não entro em nada que seja desaconselhavel a cardiacos, assim escapo dos filhos falarem algo!!!
mas não desiste da inter não...
adoro ler seus causos!!
adoro ver suas opiniões .
vamos lá força e continue!
beijos!!

Márcia Prado 08.01.2006

Warley disse...

Hehehe - sou marinheiro de primeira viagem do blog mas já gostei bastante, dou todo o apoio...continue..
Feliz ano novo
Bjo

Warley 09.01.2006

LR disse...

Mercedita!
Final de Ano com Família é sempre do jeito que você passou: filas, correria, desconforto, sorrisos de boa vizinhança, participação. Famílias são todas iguais... Aqueles que vivem só dizem que elas são como peixe: maravilhosas quando chegam e fedem no terceiro dia... Não, não sou radical, ao contrário, estou com a casa cheia e assim ficará até final de janeiro, e está tudo muito bom. Curto a chegada, os programas, os transtornos e fico triste quando a casa fica vazia e tudo permanece no lugar em que foi deixado.
Lado bom para você: uma família bonita, unida e participativa vale qualquer bronca de chinês mal humorado. Todos estes transtornos serão piadas como hoje pertencem a um texto. Ao contrário de seu final de ano, tenho Natal para a família e Ano Novo para os amigos. Da próxima vez, dê um ano novo para você em NY ou Estocolmo, as pessoas merecem ver seu sorriso SEM sono!
Que 2006 seja coberto de Realizações e envolvimento de Paz e o Amor junto a toda sua Família e Amigos.

Luiz Roberto 09.01.2005

Tito Iubel disse...

Você só quer dormir e eu só quero ir pra disney... aqui tá muito chato... quero ser criança outra vez... hahahahhaa


Tito Iubel 09.01.2005

Tula disse...

Oi Mercedita, que bom qeu vc voltou.
É uma delicia ler o que você escreve; toma "nojo" da net não.
Sobre os dias... ah pensa que é só uma vez a cada xireders de anos que você faz isso.. assim fica mais fácil resistir ao mal humor que insiste em nos rodear.
Sobre a casa... ufa, antes assim...me lembro do ano passado você dizendo dos opcionais que haviam no carro reserva "você" e morrendo de rir, alilas adicionei a expressão ao meu vocabulário.

Minha vidinha está tão boa que tenho medo de elogiar...
Tudo na santa paz de Deus, namorado firme, estudando muito e problemas de verdade.. ah isso sim é vida.
Beijos e tenha um ótimo 2006

Tula Pereira 09.01.2006

Mary Bacim disse...

Bom esse texto para ler um dia antes de sair de viajem (não para Disney) mas para um lugar que eu nunca fui e tem mais só eu e minha gatinha Mariana de 9 anos, espero que Deus me proteja das filas, dos endereços errados, dos hoteis desconhecidos etc.etc... Mas eu acredito que tudo é um super divertimento quando estamos com nossas crianças.
Me, mais um x vou te dizer que é um prazer acompanhar sua carreira literária.
Beijos e um 2006 cheio de inspirações.

Mary Bacim 10.01.2006

Pati Zani disse...

ahahahahaha. Não acredito que vcs passaram por tudo isso. Acho que sou retardada, pois não consigo me lembrar de filas, nem de comidas ruins na Disney...
Beijos

Pat Zanicotti 10.01.2006

Mercedes Gameiro disse...

Quem falou em comida ruim?
Eu só comi coisa boa! Por isso estou um elefantinho. hahahhha!
Adoro a comida americana. Principalmente a trashy!

Beijo M

ercedes Gameiro 10.01.2006

Dani Joda disse...

Amiga.....
Eu ja passei por isso na Disney.
Ja fazem 3 anos, eu e o Ed decidimos passar o Ano Novo na Disney que legal....
Foi o pior da minha vida....alem das filas sem fim, afinal naquela epoca nao existia as senhas que vc retira e volta mais tarde.
No dia de Ano fez um frio que a mais de 10 anos nao fazia.
Chequei ate a cogitar ao Ed para ficarmos no quarto do hotel e falar para todos que fomos no parque e que tinha sido maravilhoso....
So que ele ficou chocado....
Fomos para o parque...
Aquela multidao, vc nao anda vc e levada...fora o frio...
Gracas a Deus que na volta para pegar o trem....como estavamos ficando em um hotel dentro da Disney que tinha a uma parada de trem nos pegamos uma fila especial e logo estavamos no quarto.
Mas quem ficou do outro lado da fila do trem.....nao quero nem pensar....
Mas sobrevivi como vc amiga....
Agora podemos dizer com certeza que nos sabemos o que passar o ano novo no Mundo Magico da Disney....heheheehe
bjs


Dani Joda 11.01.2006

Thiago disse...

Nem me importaria com filas se estivesse na disney, acho que o mickey não suportaria o tamanho do meu sorriso. Dormir? Dormir pra que? Segundo uma comunidade que eu entrei por intermédio de voce isso é para os fracos... eu heinh! hihihihihihi!

Adorei o texto, e acho sinceramente que voce naum entendeu o sentido do tour de ultima hora. hahahahahaha...

Ps mudei de casa (Blog)

http://diariofalante.blogger.com.br Thiagota0 14.01.2006

Marilia disse...

hahahahahahahhahhaha só voce pra me fazer rir hoje viu!!!!
Agora quem está com tédio sou eu!!!
Cadê voce Mercedes????????
Volta logo!!!
Beijos!!!

Marilia Lopes 17.01.2006

Mercedes Gameiro disse...

Adorei seu blog!!!!Vc escreve super bem.Parabéns!
bjo Mayra Guanaes 24.01.2006

Anônimo disse...

Então, eu sempre entro aqui pra ver se tem texto novo. Já li este umas 3 vezes, e decidi ver o que eu tinha comentado: nada!!! Que vaca que eu sou, fico me aproveitando, lendo e relendo e não deixo nem um oizinho? Tsc, tsc, tsc...

Rafaela Pedro disse...

Já te falei que o Murilo estes dias falou: Pai, me leva num lugar? - Onde meu filho?
-Ali na Dsiney! kkkkkkkkkkkk Fácil, né? Ali! E ele só tem 4 anos...
Mas que bom que realizaram um sonho, que bom que vc aproveitou tudo do lado dos seus filhos, mesmo com medo, que bom nada de tão grave aconteceu na sua casa, e melhor ainda que vcs são uma família tão linda!
bjs enormes

Rafaela Pedro 26.01.2006

M.F. disse...

hahaahah!!! aaah mercedes, há muito que tenho pensado em comentar algum de seus MARAVILHOSOS escritos mas, uma absurda timidez sempre me invade e "resolvo" então me calar por mais uma vez... e fico então passeando por seus textos apenas como um "aristotélico" contemplador!!! ...e normalmente isso "me basta" pois como já deve ter percebido sou muuuuito fã seu e de seus escritos... pronto! já tô fazendo rodeios, hahaha! ...na verdade quero te agradecer muito e aproveitar a coragem de agora pra convidá-la para visitar estes dois endereços http://spaces.msn.com/enganoseilusoes/ e http://atelierenganoseilusoes.blogspot.com/ ...na esperança de que "ter" a honra de "recebê-la" nesses espaços. (espero também, caso isso ocorra, que seja então de algum proveito para você!!!)
agora despeço-me expressando minha profunda gratidão por sua generosidade ao nos presentear com sua capacidade de realizar minha maior ambição como artista: transubstanciar algo em algo da alma!!! muito, muito, muito obrigado!!! ...e parabéns, ...o mundo necessita enormemente de pessoas como você!
beijos
m.
p.s. please, never give up! "life is good, even

m. disse...

oops!!! deixei uns pontos parágrafos a menos um 'que' sobrando antes de um "ter", e esqueci de dizer que também sou carente, hahaha...então, se quiser, comente!!!
mais beijos
e mais (e nunca será demais) ...obrigado, obrigado, obrigado por existir!!!!
m. 28.01.2006

Pete (QUEM??) disse...

Hi Mercedes,
tem sido muito divertido e informativo conhecer vc, e agora, sobre vc em seus escritos. Parabens e me escreva sobre o "cao do ferro velho" a fera que que protege nada com seu tudo. E tem tudo de volta em forma de nada.

um beijo...Pete 11.02.2206

Daniel disse...

Olá, encontrei seu blog num comentário seu no blog de Mario Mendes. E minha curiosidade aguçada me fez vir até aqui porque pressenti inteligência, acredita? Cheguei e dei de cara com seu texto cheio de palavras coordenadas e uma certa revolta blasè (no bom sentido da palavra, se é que isso existe!) que fez minha pieguice exaltar. sabe que tem dias que eu tb me pergunto porque existem sites de relacionamento se eles não nos trazem a tal felicidade que tanto buscamos. Sei que não é bem isso o que vc prega no seu texto, mas queria te parabenizar pela idéia de transformar o tédio em necessidade, entende? (Ops, adoro coisas vagas!)
Beisous
http://fashionerrimo.zip.net

Daniel Amaral 12.02.2006