quinta-feira, 23 de novembro de 2006

O fim do meu mundinho

A única guerra apocalíptica possível no meu mundinho de hoje seria uma batalha entre meus alteregos. Seria terrível.
Luta sangrenta. Todos tentando se sobrepor a mim. Todos tentando assumir o leme da minha cabeça e desabrochar para sempre. Eu deixaria de existir no momento em que o mais forte colocasse sua cabeça para fora dos meus pensamentos.
O que? Você está pensando que eu tenho múltiplas personalidades? Que sou esquizofrênica? Tá louco??
Eu até descofio de uns distúrbios sim. Mas não um tão grave.
Todas essas criaturas adoráveis foram criadas por mim. São personagens que criaram vida num universo paralelo. Alguns homens engraçados. Algumas mulheres especiais. Eles têm vida própria. Amores. Profissões. Objetivos claros na vida. (Que inveja!)
Tenho medo agora das minhas criaturas. Algumas estão gritando muito alto. Já fui como elas um dia, mas queria ser ainda.
Já tive ciúmes de duas das minhas mulheres, que conquistaram pessoas inatingíveis. E de repente eu paro e penso: Tonga! Elas são você! Tudo o que conquistam é conquistado por você!
17 Setembro 2005

Tudo o que realizam é realizado por você!
Mas que medo, que medo! Existem momentos em que acho que elas são muito melhores do que eu. Os sentimentos que despertam, as frases que podem pronunciar, a ousadia que podem ter. A liberdade. Elas ouvem o que ninguém diria para a tal da Mercedes: mulher forte, presa a laços inabaláveis, bla bla bla bla bla...
Todos são fruto do que eu penso, do que eu quero, do que eu gosto, da minha história de vida. Mas todos vivem momentos que eu não poderia.
Já perdi horas escrevendo uma batalha interna de Maria contra suas amigas "Um e Dois" quando elas roubaram seu príncipe. Já entrei em crise por saber que as Amigas tinham o dom da palavra que apaixona. Foi quando me descobri "Cirano de Bergerac de mim mesma"
Que comece a batalha fatal!
Eu, Mercedes Gameiro, estou pronta para a guerra!

5 comentários:

Tito Iubel disse...

Eu nunca ouvi falar dessa coisa de alterego! hahahahahhaha
isso é coisa de gente que não dorme ein! o que não é meu caso tb! ahahahahahah
viva a sua vida! viva a delas! viva todas! a genialidade é sempre da Fantástica Fábrica Pensante que é o cérebro de Mercedes Gameiro.
"Tudo o que realizam é realizado por você!"
não precisa dizer mais!

Tito Iubel 17.09.2005

Thyago disse...

Entendo mais ou menos essa coisa de alteregos tentando dominar a nossa mente.

Acho que eles são o produto mais sublime da criatividade; é a criação querendo se denotar como criador, acontece, e somos prova disso.
Acho que nesses momentos o ponto ideal para se estar é na plateia, para ser mais um espectador, assistir essa briga e ver tudo de primeira fila, de perto, deixar eles lutarem, quem sabe o mais forte venca e te deixe em paz, pode ser também que ele queira te enfrentar dai dai é só seguir o ditado "é na vitória que os seus inimigos se tornam mais fracos" mais procure tornar eles apenas seus aliados, lembre se é voce o escritor "original" e isso eles não podem te tirar.

diariofalante.blog.aol.com.br
Acho que os meus comentários as vezes são quase maiores que os posts, que vergonha!!! Hihihihi

Thyagota0 19.09.2005

Rodrigo Gameiro disse...

Olha aí hein. . .
Esse negócio de brigar consigo mesma. Estas coisas de "Eu eu mesmo e Irene".

hahahahahah
Brincadeira
beijos !

Rodrigo Gameiro 19.09.2005

Marilia disse...

Entendo isso agora!!!hahahahaha
Beijos!!!

Marilia 19.09.2005

Livia disse...

Mê, será que vc sabe escrever músicas?!

Lívia Costa 22.09.2005