quinta-feira, 23 de novembro de 2006

Furacão Me

29 Setembro 2005

"I go side to side like the wildest tides in your hurricane
And I only hide what is on my mind because I can't explain"
(Foo Fighters)


A chuva foi embora e levou o frio.
A massa de ar polar que já passou parece ter levado com ela algumas das minhas angústias e sentimentos novos.
Adoro as coisas que sinto, mas às vezes elas me cansam.
Num e-mail pra um amigo esta semana eu disse:
"As pessoas dizem que queriam ser como eu. Céus! Se elas soubessem como eu queria ter uma vida aborrecidamente estável!"
My hurricane! O turbilhão de sentimentos que me leva pra lá e pra cá percorrendo a elipse de um Katrina, um Rita, um Andrew, todos juntos. Porque eu não posso caminhar como todo mundo: um passo após o outro, sentindo o chão? Meus pés onde estarão?
A cada volta no interior do furacão vejo um novo sorriso, um novo jeito que encanta. E quero voar pra longe sem prestar atenção. Alguém me tira daqui!
É arriscado no olho do furacão. É perigoso testar a vida até sua última gota. É tentador provar da vida até seu mais profundo sabor. E lá, no olho do furacão estou eu. Me, Myself, and I. E as mulheres de Mercedes. E as almas que me levam.
A vontade e o impulso. Um para cada lado. Vontade de fazer tudo o que preciso. Impulso de não fazer nada. Vontade de ser coerente. Impulso de transgredir. Vontade de resolver tudo. Impulso de brincar com a vida. Vontade de não enxergar. Impulso de devorar a vida.

Alguém me interna!...

4 comentários:

Paola disse...

Você nunca poderia ter uma vida aborrecidamente estável porque vc é o olho do furacão.Caso contrário, você teria uma alegria miserável!
Sua atitude é intrépida. Sempre causando grandes impactos, gerando sonhos e prazeres e produzinho milhares de pensamentos diários e ousados para fugir da mesmice e criar coisas originais.
(Por isso, abstraia isso da sua mente)

Bjos

Paola Zadra 30.09.2005

Tito Iubel disse...

Até hoje pra mim funcionou assim. Mesmo quando na hora parece que uma coisa não cabe ou não serve na minha vida... depois acabo entendendo o pq e a razão.. e eu percebo que só aconteceu pq eu aguentava e pq eu podia ser ou ter aquilo...

Tito Iubel 20.09.2005

Marilia disse...

Internar?Nunca!!!
Como vou viver no meu mundinho estável sem as faces de Mercedes???????
Será Tito?????????
Beijos!!!

Marilia Lopes 29.09.2005

Tito Iubel disse...

Uma vez ouvi dizer ou escrevi, já não lembro mais... que só temos e somos aquilo que podemos ter e ser...

Tito Iubel 29.09.2005